MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS CORO ALTO

My Image

VISITA VIRTUAL 360º


Coro Alto
Túmulo de Vasco da Gama

Coro Alto

Anterior a 1551, o Coro-alto destinou-se, entre outras, às atividades fundamentais dos monges da Ordem de São Jerónimo (orações, cânticos e ofícios religiosos), visto a Sala do Capítulo ter permanecido inacabada até ao século XIX. A oração comunitária também chamada “Ofício Divino” era o mais significativo dos deveres religiosos. Essa oração repartia-se por sete momentos ou seja sete horas – As Horas Canónicas – ao longo do dia. Assim, sete vezes por dia, os monges entravam no Coro-Alto para rezar, recitando ou cantando o referido “Ofício Divino”. Faziam-no então no Cadeiral (fila de cadeiras de madeira, ligadas umas às outras e fixas aos dois lados das paredes de um Coro). Na primeira parte dessa longa oração, os monges podiam estar sentados nas cadeiras do Cadeiral; na segunda, tinham de rezar de pé. Neste caso, era-lhes permitido apoiar-se nas misericórdias ou seja, numa pequena peça saliente colocada por baixo do assento de cada uma das cadeiras do Coro. Isso permitia então ao monge apoiar-se, aliviando, por momentos, o peso que exercia sobre os seus pés. O cadeiral monástico que ocupa o espaço a poente, foi projetado por Diogo de Torralva e executado por Diogo de Sarça (Diego de la Zarza) entre 1548 e 1550. Sobre a balaustrada ergue-se um Cristo Crucificado (1550) do escultor Philippe de Vries (Filipe Brias). O conjunto de pinturas representando os apóstolos é de autor desconhecido.
Existem aqui duas séries de cadeiras. Cada uma possui um assento levadiço no qual se encontra a “misericórdia” decorada com vasos, cabeças de jovens, guerreiros e animais fantásticos. As cadeiras são diferentes umas das outras precisamente pela decoração que possuem. Umas apresentam temas profanos, ou seja, que nada têm a ver com assuntos sagrados: paisagens, homens, etc.; outras, têm uma decoração de inspiração religiosa com imagens de santos. 9 As pinturas colocadas na parede à volta do cadeiral são do séc. XVIII e representam alguns apóstolos e outros santos, entre eles São Jerónimo e Santo Agostinho.


My Image
My Image